Professores

Justino CostaA direcção artística da Banda Musical de Parafita e a direcção pedagógica sua Escola de Música está a cargo de Justino Costa.

Justino Silva da Costa, nasceu em Clermont Ferrand – França em 1977.

Inicia os seus estudos musicais na escola de música da Banda Musical de Calvos – Póvoa de Lanhoso aos 10 anos, e, em 1996, ingressa no exército no Regimento de Artilharia nº 5, e, em 1998 na Banda da Região Militar do Norte como executante de Clarinete.

Após a conclusão do 30º curso de formação de sargentos músicos (2004), esteve colocado na Banda Militar dos Açores até 2009, altura em que regressou à Banda Militar do Porto.

Paralelamente à carreira de músico militar, concluiu o Conservatório Superior de Música de Gaia, onde estudou clarinete com o Professor Saúl Silva. Frequentou inúmeros master classes de clarinete e de direção de orquestra de sopros.

Durante a sua passagem pelos Açores foi docente na escola de música da banda Nossa Senhora das Neves, Relva, da escola de música da Banda Nossa senhora da Saúde, Arrifes e da Banda Fundação Brasileira, Mosteiros, da qual também foi maestro 4 anos.

Em 2007 deslocou-se aos Estados Unidos da América com a Banda Fundação Brasileira, e em 2006 com a Orquestra Ligeira da Câmara Municipal de Ponta Delgada, da qual foi músico entre 2004-2009.

Foi aluno de direção de orquestra de sopros na Academia Portuguesa de Banda (APB), e possui a pós-graduação em direcção de orquestra de sopros do ISEIT, PIAGET – Viseu, estando actualmente a concluir a tese de mestrado.

Foi director artístico durante 5 épocas na Banda Musical de Calvos – Póvoa de Lanhoso.

Em 2015 assume a direcção artística da Banda Musical de Parafita e da sua escola de música.

Cristiano GonçalvesCristiano Gonçalves iniciou o seu percurso musical com tenra idade na Sociedade Filarmónica de Vilarchão, Vieira do Minho, freguesia de onde é natural.

Depois de frequentar a escola de Música da Banda, ingressou na Academia de Música Valentim Moreira de Sá, que frequentou entre  2002 e 2008, onde teve como professores Eliseu Correia,  Ângelo Fernandes e Vasco Faria, o qual viria a encontrar mais tarde.

Em Fevereiro de 2008 ingressou no Exército Português para as Bandas e Fanfarras do Exército, onde esteve até Fevereiro de 2015.

Paralelamente participou em vários master classes de aperfeiçoamento com os professores Pierre Dutot, Steve Mason, John Aigi Hurn e Hakan Hardenberger.

Ingressou na Licenciatura em Música da Universidade do Minho no ano lectivo de 2012/2013, tendo feito parte da classe de trompete do Dr. Vasco Faria e ao longo dos três anos participou em vários projetos das Orquestras da mesma Universidade, sendo que a licenciatura foi concluída em Julho de 2015.

Além do seu trabalho como professor é, desde Novembro de 2015, trompete solista da Banda Musical de Parafita.

12442845_10153777082089519_339492755_nAndré Filipe Valadares Ferreira, nasceu a 20 de abril de 1992. Iniciou os estudos musicais na Esproarte (Escola Profissional de Artes de Mirandela) na classe de Trompa com o professor Nuno Costa. Trabalhou em Masterclass com Hélder Vales, Bernardo Silva, Bohdan Sebestik, Abel Pereira, Jonathan Luxter entre outros.

Como músico de orquestra trabalhou com Pedro Neves, António Saiote, Francesco Belli, Nuno Machado, Luciano Pereira, Justino Costa entre outros.

Recentemente colabora com a orquestra de sopros da Academia de Artes de Chaves desde 2010 e com a Banda Musical de Parafita desde 2015.

 

 

 

Pedro Magalhães[Em construção…]

Sérgio DuarteSérgio Morais Duarte nasceu em Montalegre a 6 de Setembro de 1993. Iniciou os seus estudos musicais com 11 anos em Novembro de 2004, na Banda Musical de Parafita com o maestro António Coelho. Em 2008 ingressou no Conservatório Profissional de Música de Xinzo de Limia (Espanha) onde conclui o 7º grau com o professor Eliseo Penìn.

Tem participado em diversos estágios e masterclasses de aperfeiçoamento técnico e de orquestra, destacando-se as edições do Festival de Música Júnior (2012 e 2013), Workshop da Orquestra Metropolitana de Lisboa (2009) e Estágio da Banda Distrital de Vila Real (2011). Em Orquestra de Sopros já teve oportunidade de trabalhar com maestros como Carlos Marques, Rui Carreira e Afonso Alves e em Orquestra Sinfónica com Rui Pinheiro e Alberto Roque. Já teve também oportunidade de trabalhar com tubistas como Daniel Marques, Filipe Queirós, Gil Gonçalves e Avelino Ramos. Fez ainda parte da Orquestra de Sopros e do Grupo de Metais do conservatório que frequentou.

Colabora regularmente com Bandas Filarmónicas como, Banda Musical de Parafita – Montalegre, Banda Cabeceirense – Cabeceiras de Basto, Agrupación Musical da Limia – Ourense, Banda Fórum, Banda Filarmónica do Couto de Dornelas – Boticas. Colabora ainda com grupos de animação de rua na vizinha Galiza.

Atualmente atua na Banda Musical de Parafita e paralelamente terminou a licenciatura em Engenharia Informática na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro em 2015 e encontra-se a frequentar mestrado em Engenharia de Sistemas na Universidade do Minho em Braga.

Eduarda Santos[Em construção…]

José Alves[Em construção…]

 

 

 

 

 

Ricardo MagalhãesRicardo Magalhães iniciou os seus estudos musicais na escola de música da Banda Musical de Parafita. Ingressou no Conservatório Regional de Música de Vila Real no ano de 2008, onde concluiu o curso de oboé sob a orientação do professor Roberto Henriques, tendo trabalhado, inclusive, com os professores Rui Pinto, Ana Madalena Silva e Leandro Alves. Participou em várias masterclasses de aperfeiçoamento com diversos professores, nomeadamente, Omar Zoboli, Ricardo Lopes, Pedro Ribeiro, Salvador Parola, Carla Duarte, Luís Vieira, Nelson Alves e Jean-Michel Garetti, tendo tocado sob a direção de diversos maestros, entre os quais, Valter Palma, Pedro Neves, César Viana, Filipe Fonseca, Rui Pinheiro, Carlos Marques, António Ferreira, Afonso Alves e Cesário Costa. Participou no concurso internacional de instrumentos de sopro “Terras de La Salette”, edição de 2015, na categoria sénior e foi selecionado como 1º oboé para o 1º estágio da orquestra sinfónica Ensemble.

Paralelamente é licenciado em Genética e Biotecnologia pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e frequentou ainda a licenciatura em Oboé na Universidade de Aveiro.

Share
Esta página já foi vista 2586 vezes.